Quem nos quer

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Liberdade para as borboletas da minha alma...

Acordei assim. O olhar fixo que não vê nada, o pensamento vaga, que não pensa em nada. Uma tristeza que só existe nos olhos de quem me vê. Por que eu não estou triste. Também não estou feliz....
Acordei assim com vontade de poucas palavras, querendo abraços, beijos roubados...
Acordei assim alheia, sem saco para perguntas...
Quando isso acontece dá uma vontade de começar do zero, escrever o primeiro capítulo de um livro, imaginar a cena inicial de um filme, apaixonar...

recomeçar:

                                  mudei-me...


                                         http://biadevanear.blogspot.com/

4 comentários:

Bia Monteiro disse...

Xaraaaaaa....
Doreiiiiii....
Sinta o meu abraço tb...
Bjoo grandeeee florzinhaaaa
=)

Ferdi disse...

Entendo bvem, mudou-se e eu vou junto.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Mudar é ousar.
Ousa-dia
Ousa-noite,
Ouso sempre, só não posso parar!

NEZIO JALOTO - Miojo disse...

Assim também estou encarando este novo ciclo... desejo de descobrir o novo e começar do zero. E conseguiremos!