Quem nos quer

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

eu que não entendo nada de mim...

De todas as vezes que disse não, a boca disse não, a mente disse não.. O coração e todos os poros diziam sim..
E daquela vez em que você me abraçou forte, estava um sol forte, e o coração batia forte e nos beijamos malemolentes, e eu nos seus braços dizia "não faça planos".

Queria dizer "sou sua"






>>>Ah sim, terça é dia de devaneios e histórias mal contadas

10 comentários:

Luciana disse...

E isso é ruim né?
Eu ando assim tbm.

Valter disse...

Então por que não disse?


beijos Biazudaaa.. vou dormir

Sylvio de Alencar. disse...

todas as vezes que disse não, a boca disse não, a mente disse não.. O coração e todos os poros diziam sim..
E daquela vez em que você me abraçou forte, estava um sol forte, e o coração batia forte e nos beijamos malemolentes, e eu nos seus braços dizia "não faça planos".

Queria dizer "sou sua"


Uma coisa meio (hoje) 'bobinha' de se dizer, mas, verdadeira:
o-que -vale- é -o -que -o -coração- diz!!!!!
O resto..., faça o que quiser com a sobra.

Se seu coração, naquela hora, falou que era dele..., então..., vc foi.

Ju Fuzetto disse...

Que lindo seu blog!!!


Às vezes nossos olhos dizem tudo!!!



Um beijo

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

É foda quando a gente quer dizer uma coisa e não diz.

Abraços

Bia Monteiro disse...

Contra o coração não tem como...
Ele tem sempre poder sobre nós...
Bjitos Xará e boa semaninha aí..
=D

Cadinho RoCo disse...

Gosto das decodificações.
Cadinho RoCo

[M]. Atahualpa disse...

E eu gosto dos arranhões nas costas, tapas na cara e mordidas no lábio.

Volte sempre, ^^ paz!

Brunno Leal disse...

As vezes nossos sentimentos e reações são tão distintos uns dos outros, q parecem nao pertencer à mesma pessoa.
Belo texto.
Beijoss!

Deivisson disse...

Sou seu