Quem nos quer

quarta-feira, 8 de abril de 2009

A 1° história de Gu!

Pois é, mais um blog...
A primeira história de Gu! aqui será sobre minha primeira vez...
Sim, Gu! também teve uma primeira vez.. e não foi tão terrível como a da maioria...
Meu primeiro homem, era um menino. E Gu! adora meninos (oh, Gu! ama meninos...).
Também era a primeira vez que Gu! namorava... Um mundo novo se abria para Gu! cheio de coisa fantásticas, voláteis e tediosas (ora, nem tudo são flores no primeiro amor).
Então, meu menino, que chamarei de C. não sabia, nei sabe, nem saberá que Gu! era casta como uma santa.

Eu tinha uma reputação a zelar... Sabem como é...
Ele também era virgem (romantico, não?), e disso eu sabia até nos olhos dele, surpreendidos pela minha blusa caindo ao chão.
Gu! adora surpresas, ele não sabia, mas eu sabia que iríamos viver a experiencia de nossas vidas (nunca disse nada mais profundo)... Na verdade eu sabia instintivamente o que fazer... Na pratica, tirei a roupa dele e empurrei o garoto na cama.
Após um festival de lambidas, caricias e gemidos (que iam de engraçados a puzilanimes).

Tive que figir que fingir naturalidade algumas vezes, já havia tocado alguns pênis antes, mas nunca tinha visto um tão de perto (por debaixo da roupa a gente faz tudo até de luz acesa).

Tremi na base, mas ele não percebeu... tremia mais do que eu...

A penetração foi rápida... Ele ejaculou antes mesmo de pegarmos o rítmo. Não cheguei a me frustrar, na verdade, eu estava torcendo para acabar logo, com medo de sangrar, de sentir dor..
Mas o medo passou rápido. Dei uma chupadinha e tudo ficou bem....
Transamos por mais quatro anos (Gu! é pra casar gente). Depois acabou.


História de Gu!

2 comentários:

Monjh - Senhor dos Muitos Nomes disse...

Pois é, sempre acabo achando a bia... rs

Migule disse...

Tá, agora eu choquei!!!!