Quem nos quer

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

É dela...

A miragem era ela...
todos os sentidos eram dela.
Boca, dentes, saliva e pele, tudo estava nela.
Todo gosto do gosto dela,
o ardor e os dentes dela,
olhos, mãos, suor e ela...

12 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Só faltou eu nisso tudo...

:)

Beijo.

Augusto Dias disse...

Uau!!!

Ela é demais!!!

Muito bom!!!Beijooooo!!!!

Lanny F disse...

Oi Bia!
Obrigada pelo carinho lá no blog, fazia tempos que você não passava lá!

Um grande beijo querida,
sorvetedecupu.blogspot.com

Luna Sanchez disse...

"Ela é dona do jogo, ela é dona da banca..."

Rs

Muito bom.

Beijos.

Dil Santos disse...

Ai menina, adorei ela, kkk
É das minhas kkkkkk
Tu tá bem gata?
Pois é voltei, rsrsrs.
Bjo menina

A.S. disse...

Tudo é dela... mas na hora certa tudo se partilha na mais doce cumplicidade!...


Beijos,
AL

Sylvio de Alencar. disse...

A.S. falou..., e disse!

Sylvio de Alencar. disse...

Não sei porque fico esperando respostas aos comentários que fazemos...; algum problema de carência mal resolvido.
Sem duvida!

Dois Rios disse...

... Mas a poesia é sua!

===

Bia, quero me desculpar pela demora em retribuir o seu gentil comentário datado de 29 de setembro. Andei meio sem tempo e agora estou tentanto (re)tomar as rédeas do blog.

Beijos,
Inês

Ludmila Melgaço disse...

Ela é foda.

Bia Monteiro disse...

Por cima... adorOo, rs
Bjus Xará
=D

JannA disse...

e quem ser ela???

e deixo como retórica para ela ser vc, tb eu e muitas outras "elas"

adorei!
bjo bjo bjo
http://paradoxoali.blogspot.com/